Mergulhando na fantasia

Zena Holloway é fotógrafa e diretora, mas o seu trabalho é um pouco incomum. Os clicks acontecem debaixo d’água. O efeito fluido da traz uma atmosfera de fantasia para a maioria de suas composições. Zena Holloway

Mergulhando na fantasia

Zena Holloway é fotógrafa e diretora, mas o seu trabalho é um pouco incomum. Os clicks acontecem debaixo d’água. O efeito fluido da traz uma atmosfera de fantasia para a maioria de suas composições. Zena Holloway

Origami de rua

Na França uma artista plástica resolveu deixar o street art com uma cara diferente e ainda mais surpreendente. Com intervenções feitas de origamis dá vida a imagens e deixa o cinza das cidades mais colorido. Quer mais?

Origami de rua

Na França uma artista plástica resolveu deixar o street art com uma cara diferente e ainda mais surpreendente. Com intervenções feitas de origamis dá vida a imagens e deixa o cinza das cidades mais colorido. Quer mais?

Interagindo

Parece que o dinamarquês Jeppe Hein tirou da nossa concepção que os bancos das praças são feitos em padrões e estão ali apenas para se sentar. Com formas um tanto quanto inusitadas Hein traz bancos que oferecem interação, tanto com

Interagindo

Parece que o dinamarquês Jeppe Hein tirou da nossa concepção que os bancos das praças são feitos em padrões e estão ali apenas para se sentar. Com formas um tanto quanto inusitadas Hein traz bancos que oferecem interação, tanto com

Abrasileirando

Edu Cardoso, nascido em Avaré, no interior de São Paulo, tem como seu forte o óleo sobre tela. Suas pinturas trazem o gostinho brasileiro associado às mágicas lendas e crenças populares. Descritas como sendo um surrealismo-pop, trazem personagens do folclore

Abrasileirando

Edu Cardoso, nascido em Avaré, no interior de São Paulo, tem como seu forte o óleo sobre tela. Suas pinturas trazem o gostinho brasileiro associado às mágicas lendas e crenças populares. Descritas como sendo um surrealismo-pop, trazem personagens do folclore

Alma Brasileira

Foram tantas misturas, tantas heranças que aqui não existe “o o que é quem”, como já diria Darcy Ribeiro “um povo mestiço na carne e no espírito”. A miscigenação nos tornou unicamente brasileiros: não há diferença nem superioridade. Todos transformados

Alma Brasileira

Foram tantas misturas, tantas heranças que aqui não existe “o o que é quem”, como já diria Darcy Ribeiro “um povo mestiço na carne e no espírito”. A miscigenação nos tornou unicamente brasileiros: não há diferença nem superioridade. Todos transformados

Das cores aos sabores

As cores que criam o Brasil, que vão detalhadamente o desenhando, o definindo, escrevendo os mares e colorindo as paisagens, contornando tudo aquilo que o torna grandioso. Muito mais do que só o verde e amarelo; muito mais vermelho e

Das cores aos sabores

As cores que criam o Brasil, que vão detalhadamente o desenhando, o definindo, escrevendo os mares e colorindo as paisagens, contornando tudo aquilo que o torna grandioso. Muito mais do que só o verde e amarelo; muito mais vermelho e

Imaginário encantado

Numa imensidão de território cheio de crenças, o lúdico se une ao imaginário, trazendo à vida aquilo que se acreditou e ainda se acredita. A vida é mágica. E o que seria de nós sem nossos contos; nossos mistérios? Sem

Imaginário encantado

Numa imensidão de território cheio de crenças, o lúdico se une ao imaginário, trazendo à vida aquilo que se acreditou e ainda se acredita. A vida é mágica. E o que seria de nós sem nossos contos; nossos mistérios? Sem

Do amor ao bingo

Feito com 873 imagens, o vídeo “Do amor ao bingo” conta a história de uma vida inteira em pouco mais de um minuto. A AlmapBBDO produziu esse filme em stop motion (!) exclusivamente com fotos do banco de imagens do

Do amor ao bingo

Feito com 873 imagens, o vídeo “Do amor ao bingo” conta a história de uma vida inteira em pouco mais de um minuto. A AlmapBBDO produziu esse filme em stop motion (!) exclusivamente com fotos do banco de imagens do

Tão banal, tão legal

Que tal deixar o cotidiano mais divertido? Foi exatamente isso que o francês Gilbert Legrand fez! Partindo de seu mundo imaginário deu vida a diversos personagens em ferramentas do cotidiano. E porque não dar um ar surreal a rotina?

Tão banal, tão legal

Que tal deixar o cotidiano mais divertido? Foi exatamente isso que o francês Gilbert Legrand fez! Partindo de seu mundo imaginário deu vida a diversos personagens em ferramentas do cotidiano. E porque não dar um ar surreal a rotina?

Domsai

Entrando nessa onda de deixar o comum com um olhar divertido, o designer italiano Matteo Cibic, cria produtos um tanto quanto interessantes e curiosos, um deles foi o intitulado “Domsai” que parece unir toy art com Bonsai. Quer mais produtos?

Domsai

Entrando nessa onda de deixar o comum com um olhar divertido, o designer italiano Matteo Cibic, cria produtos um tanto quanto interessantes e curiosos, um deles foi o intitulado “Domsai” que parece unir toy art com Bonsai. Quer mais produtos?